Millet

Já ouviram falar do millet?

O millet, também designado por milho-painço, é um grão da família do milho, originário dos continentes Africano e Asiático, muito usado na dieta macrobiótica.

É um cereal isento de glúten, que apresenta como principais benefícios o elevado teor de fibra, vitamina B1 (tiamina), ácido fólico, fósforo e magnésio. É ainda fonte de ferro, zinco e das vitaminas B6 e B2. É por muitos conhecido como sendo o cereal da beleza, por ser rico em ácido silícico que é importante para a pele, cabelo e unhas.

Na medicina tradicional chinesa, é utilizado no tratamento de problemas de digestão, de náuseas e de sono.

É muito versátil em termos culinários, pode ser usado em sopas, saladas, misturado com legumes, sobremesas, creme de cereais (doce ou salgado). Cá em casa, gostamos muito de puré de millet e couve flor e creme de millet com pêra.

Pode ser introduzido na alimentação dos bebés desde cedo.

PS: Sempre que possível comprem o millet a granel.

 

0 Read More

Receita para o pós parto 

Caldo de shiitake
1 cebola cortada em pedaços
Alho francês (parte branca), cortada em rodelas
2 colheres de sopa de azeite
Sal marinho
2 chávenas de cogumelos shiitake frescos ou 1 chávena se secos
1 chávena de cogumelos à escolha
2 tiras de alga Kombu
2 cenouras descascadas e cortadas
3 dentes de alho
2 chávenas de couve cortada
Curcuma de preferência fresca
Mão cheia de salsa
1 colher de sopa de raspa de limão

Colocar numa panela a cebola e o alho francês com o azeite e pitada de sal e cozinhar ligeiramente em lume médio. Acrescentar os cogumelos, a alga kombu, a cenoura, o alho e o açafrão e juntar água de forma a ficar 2,5cm acima dos vegetais. Deixar cozinhar em lume baixo durante 1 hora, e nos últimos 20 minutos, acrescentar a couve e a raspa de limão.
Desligar, retificar o sal e acrescentar a salsa.

 

Receita com inspiração do livro: “The first forty days”

Foto não real, apenas demonstrativa retirada do site: https://www.nytimes.com

 

0 Read More

Snack simples

Snack simples 🤤😋

Tostei ligeiramente oleaginosas (aqui amêndoas e avelãs). Levei a um processador e triturei ligeiramente para deixar pedaços pequenos e conseguir sentir o crocante. Retirei para uma taça grande.
Coloquei depois tâmaras (gosto especialmente das medjol, mas qualquer uma dá, desde que não tenha açúcar) com cacau puro novamente no processador e triturei até ficar bem homogéneo.

Juntei tudo e amassei as bolinhas com as mãos 😉

Ficam bem durante alguns dias no frigorífico.
Podem usar outras combinações, raspa de 🍊 ou 🍋, 🥥 ralado, bagas goji, etc

#snacks #alimentacaosaudavel#receitas #receitasaudaveis

 

 

0 Read More

Zuo Yue zi (cuidados no pós parto)

Zuo Yue zi é um período de 30-40 dias pós parto, onde a mulher deve ter alguns cuidados.

Na visão da Medicina Chinesa,  gerar uma vida, a gravidez e o parto trazem um desgaste brutal a uma mulher. Nos dias seguintes aos parto, devemos evitar tudo o que possa agravar esse desgaste e ao mesmo tempo tonificar, cuidar e nutrir a recente mãe.

Existem tradicionalmente regras muito restritas e obviamente deslocadas da realidade de hoje. Mas deixo aqui algumas recomendações que considero importantes dentro desta visão:

Nesse período procurar estar o mais deitada e/ou sentada possivel (obviamente contando com ajuda do companheiro/a e família)

Evitar estar sujeita a frio, isso implica ter os pés sempre quentes e sempre que se lavar o cabelo, usar o secador (evitar mesmo ficar com a cabeça molhada).

Gerir bem as visitas. Perceber como e com quem se permitem gastar energia. A disponibilidade da mãe nesse primeiro mês, deve ser o mais possível para ela e para o bebé.

Podem usar um lenço ou pano a envolver a bacia e o abdómen, apenas para conforto de uma zona que esteve preenchida com uma vida e de repente fica vazia. Atenção, o objetivo não é de todo que se exerça pressão. A pressão nessa zona frágil, pode lesar a zona mais fragilizada (pavimento pélvico).

Alimentação: para recuperar Qi e sangue, recorrer a alimentos de folha verde, vermelhos e laranja. Deverá ser uma alimentação maioritariamente cozinhada (apesar dos alimentos crus possuírem mais nutrientes, requerem mais esforço ao corpo para o processo da digestão).

Os caldos (de vegetais, carne ou peixe), miso, sopas, estufados, cereais integrais cozinhados por bastante tempo (congee), fruta cozinhada, algumas especiarias (de natureza morna/quente) e alguns chás, são excelentes opções.

 

#posparto #mtc #mtcgravidez#gravidas #gravidezmedicinachinesa#acupuncture #acupunturanagravidez#acupunturaeparto#acupunturaposparto#medicinachinesa

 

0 Read More

Alimentação e fertilidade

Hoje decidi escrever sobre alguns alimentos a reforçar na pré – conceção (bons para a fertilidade):

1 – 🥦 folhas verdes (ricos em folato/vit B. Necessário para a formação de glóbulos vermelhos e para a síntese de ADN (material genético das células). Essencial ao desenvolvimento normal do sistema nervoso do bebé.
Encontramos nos brócolos, espinafre, couves, salsa, espargos, etc.

2 – 🍅🥕 vegetais vermelhos e laranjas (ricos em betacarotenos).
Especialmente importantes para melhorar a quantidade e qualidade do esperma.
Encontramos na cenoura, tomate, pimento vermelho, etc.

3 – 🥚 ovos (ricos em colina e vitaminas 😎.
Essencial para o desenvolvimento do cérebro do bebé.

4 – beterraba (rica em antioxidantes e ferro).
Combate os radicais livres e é excelente para o sangue.

5 – 🥜 oleaginosas (ricas em vitaminas e minerais e ómega 3).
Tem uma acção anti-inflamatória, fortalece o sistema imunitário e ajuda o desenvolvimento sensorial, motor e cognitivo do bebé.
Castanha do Brasil, nozes, amêndoas, sementes de linhaça.

6 – lentilhas e feijão, especialmente o preto (ricos em proteína vegetal e também em folatos).

 

0 Read More

Ingurgitamento e ductos mamários bloqueados

Ingurgitamento e ductos bloqueados

Hoje venho falar da minha experiência com a acupuntura (MTC) em casos de ingurgitamento e ductos bloqueados.

Estas duas situações, assim como, mamilo doloroso/ferido e mastites, são as principais situações a afetar a mama durante a amamentação e que levam as mães a procurar ajuda, ou até mesmo a desistir.

Os ductos mamários são os canais de drenagem do leite materno (das glândulas/alvéolos até ao mamilo). Por vezes há um bloqueio desses ductos, formando-se nódulos que impedem a passagem do leite. Pode ser acompanhado de dor, vermelhidão local e calor, e devemos procurar atuar logo, para evitar o desenvolvimento de mastites.

A abordagem, assim como o tratamento são únicos para cada mulher. Devemos analisar o enquadramento de todo o processo para que possamos fazer as recomendações mais adequadas. Além da parte física, a questão emocional tem um peso muito grande nestas situações.

ingurgitamento e ductos bloqueados

(imagem retirada do site: https://fundoimmlaco.pt/prevencao/)

 

Algumas recomendações gerais:

– Evitar uso de soutien com arame ou soutiens/tops apertados

– Evitar subir ou descer a camisola para amamentar, deixando-a a vincar alguma parte da mama

– Dar mama em livre demanda, evitando intervalos longos entre mamadas

– Verificar a pega do bebé (ou procurar ajuda nesse sentido) Video

– Oferecer a mama com o bebé em diferentes posições

– Massajar a mama, principalmente na zona do nódulo, e em direção ao mamilo

 

Deixo um feedback de uma mãe com uma bebé de 3 meses, que teve desde sempre a mama muito cheia e facilmente formando nódulos. Estava a tornar-se muito cansativo, pois extraía manualmente o leite após cada mamada.

 

“Olá Márcia, não quero estar a chatear nestes dias, mas tinha de enviar mensagem. As minhas mamas melhoraram muuuuiiiitoooo…É impressionante. Não quero deitar foguetes cedo demais, mas estou tão contente. Não têm encaroçado e já aguento de uma mamada para a outra. Tenho dado mama em exclusivo à Clara.”

 

*Um especial agradecimento à minha colega Rita Monteiro Miguel que se dedicou a estudar este assunto, apresentando e partilhando a sua Monografia de final de curso sobre este tema.

 

ingurgitamento e ductos bloqueados

0 Read More

Primavera na Medicina Tradicional Chinesa

Todas as estações do ano, têm uma influência particular no nosso organismo. Como podemos ajustar o nosso corpo e ritmo à Primavera?

A Primavera é a estação do elemento madeira, caracterizada pelo vento. O Fígado é o órgão associado a esta estação, e muito afetado por esta condição. Nesta estação do ano, temos uma energia de maior inspiração, limpeza, atividade, movimento, crescimento e renovação. Se a bloqueamos podemos criar sentimentos de frustração, raiva e estagnação.

É importante uma alimentação adequada, exercício moderado e descanso suficiente.

Recomendações gerais:

– Os dias maiores fazem com que algumas pessoas durmam menos. Continua a ser importante uma boa noite de sono reparador.

– Fazer exercício mantém-nos ativos, devemos sair para exercícios ao ar livre caminhadas, yoga, alongamentos. Tudo o que mantenha o corpo em movimento e alongado.

– Aproveitar esta energia de começo e renovação para “destralhar” a sua casa. Quando deixamos ir o que não precisamos, permitimos espaço para coisas novas.

– Boa altura para desintoxicar o corpo, eliminar os alimentos mais pesados e calóricos, fritos e processados. Começar a inserir alimentos mais frescos.

– Aproveite esta energia de inicio e criação para começar algo novo.

– Agasalhar bem a região cervical para proteger do vento (cachecol, echarpe, lenço).

 

Alimentos a evitar:

– Fritos

– Álcool

– Lacticínios

-Farinhas brancas

– Alimentos processados

– Moderar o consumo de carnes

 

Alimentos recomendados:

– Vegetais verdes crus, escaldados ou salteados na wok (espinafre, rama de beterraba, agrião, rúcula, couve pack choi, acelgas, ect).

– Os rebentos também são uma excelente opção nesta altura do ano, podem ser comidos crus ou salteados com outros vegetais

– Amaranto, quinoa, millet, cevada

– Fermentados como a kombucha, kimchi, chucrute, pickle caseiro

– Infusões de dente-de-leão ou hortelã

 

Estes conselhos devem ser seguidos com bom senso. Na visão da Medicina Tradicional Chinesa, devemos adaptar a alimentação a cada um, de acordo com as características pessoais.

No entanto, estas recomendações gerais podem ajudar a manter o equilíbrio e evitar as doenças mais comuns da Primavera.

Se precisar de ajuda teremos todo o gosto em ajudar.

0 Read More
LinkedIn
Share
Instagram